Equipe do Hotel Albergo Etico

Jovens com Síndrome de Down gerenciam hotel na Itália

Um charmoso e aconchegante hotel italiano é gerenciado por uma equipe muito especial

Jovens com síndrome de Down demonstram que podem fazer muitas coisas e se lançaram à aventura de atender e administrar um hotel italiano. A equipe é formada por garçons impecáveis, recepcionistas, sommeliers e guias de turismo.

O hotel Albergo Etico está localizado no centro da província de Asti, A ideia de abrir um lugar que somente seja dirigido por pessoas com síndrome do Down surgiu da visão de amigos e profissionais que fazem parte da Associazione Albergo Etico que, desde 2006, promove a inserção no mercado de trabalho destes jovens que têm muitos dons a oferecer.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O hotel oferece uma ampla gama de serviços, para atender a todos. Há uma atenção especial para clientes com deficiências físicas e intelectuais, que podem participar de atividades que nenhum outro hotel oferece, tais como “jantar no escuro” ou “colheita de uva para todos”. Mapas táteis do hotel estão disponíveis, bem como ofertas para as transferências para as pessoas com necessidades especiais (cadeiras de rodas, carrinhos de bebê, etc.), itinerários totalmente acessíveis para explorar as belas paisagens e da cultura gastronômica dos arredores.

Inaugurado  no dia 18 de junho de 2015, o hotel três estrelas espera converter-se em um de quatro estrelas, dentro de um ano. Está localizado no centro da cidade, perto do Parque della Resistenza, um lindo jardim cheio de árvores junto à histórica Piazza Alfieri.

Tem 26 quartos e 60 camas, um restaurante que funciona em uma adega histórica com capacidade para 50 pessoas, um jardim, ar condicionado, conexão de rede sem fio (Wi-Fi) e uma área de trabalho.

Segundo o jornal italiano ‘La Repubblica’, “além da possibilidade de adquirir experiência no lugar de trabalho, os jovens que atuam neste hotel têm um espaço no qual aprendem a viver sozinhos, administrar o seu salário e trabalhar em grupo”.

“A intenção deste trabalho é formar novos profissionais no setor turístico da Itália, ajudando-lhes na aquisição da autonomia pessoal, algo indispensável para as pessoas com deficiência que pretendem entrar no mercado de trabalho“, assinalou o jornal.

Foto: reprodução Facebook

Foto: reprodução Facebook

O projeto Albergo Etico foi iniciado por Nicolás, um jovem com síndrome do Down, que há alguns anos fez um estágio no restaurante Tacabanda (Asti), conectado ao hotel.

A experiência de Nicolás, além de ter mudado a sua vida, mudou a vida dos seus companheiros da Casa Montessori, um lar para jovens com síndrome do Down.

Fontes: ACI Digital

West – Welfare Society Territory

Para conhecer mais sobre hotel,

acesse: http://www.albergoetico.asti.it/

Related News

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Todos os direitos reservados Jornal SuperaBR