Foto: Niehaus family photo

Menino autista que não gosta de ser tocado interage com um cão terapeuta

A emoção de uma mãe ao ver o filho abraçar e deitar sobre o cachorro correu a internet nesta semana. Para a maioria das crianças esse seria um comportamento comum, mas Kainoa Niehaus, de 5 anos, é autista e não consegue ser abraçado ou tocado.

A família do menino viajou do Japão à organização 4 Paws For Ability (tradução livre: 4 Patas pela Capacidade), em Ohio (EUA), que fornece cães especialmente treinados   para crianças com deficiência e idosos com mobilidade reduzida ou com problemas de audição. A família aguardava há dois anos por um cão terapeuta.

Reprodução: Facebook

Reprodução: Facebook

Shanna, mãe do menino, compartilhou uma foto do filho descansando a cabeça em Tornado, esse foi um momento muito especial, inúmeras tentativas de  interação social falharam na escola,  para o menino qualquer tipo de conexão era difícil, ele não aceitava ser tocado ou abraçado, rejeitava até mesmo o carinho da família. Para a mãe, esse momento foi mágico.

Karen Shirk, CEO e fundadora da Ong, explicou que cada um de seus cães para  terapia nascem sob o cuidado da instituição  e são cuidadosamente criados. O treinamento começa no instante em que nascem e são totalmente treinados dentro de 12 e 16 meses de idade.

Kainoa foi diagnosticado com autismo quando tinha 4 anos de idade. Sua mãe, percebeu que o menino se conectava mais com animais do que com pessoas. Ela e o marido fizeram uma pesquisa sobre animais para terapia e encontraram o programa da 4 Paws For Ability.

Após  entrar para o programa, a família precisou levantar o dinheiro em nome da Ong para financiar a formação do cão. Shanna realizou eventos, leilões de sua obra pessoal, e fez tudo o que podia para levantar a quanta necessária. Quando conseguiu o dinheiro (mais de 15 mil dólares), um cão foi treinado especificamente para Kainoa e suas necessidades.

A mãe diz ter ficado na dúvida se deveria expor esse momento por vergonha de seu choro, mas decidiu compartilhar por ser importante demais. As fotos publicadas nas redes sociais mostram a felicidade de Kainoa e a emoção da mãe.

O post de Shanna Niehaus na página do “Love What Matters”, no Facebook que mostra seu filho deitado em cima do cão teve mais de 280 mil compartilhamentos e 31 mil comentários.

“ […] este momento faz valer a pena cada momento de espera. Vale cada luta para tratamento do meu filho, cada diagnóstico, cada dólar gasto, cada papel preenchido, cada reunião na escola, cada lágrima derramada, cada avanço, cada passo para trás, e todas as maravilhas do futuro desconhecido. De alguma forma, por causa disso, por causa do Tornado – Eu sei que tudo vai ficar bem.”  Escreveu Shanna no post.

Fontes:  Usa Today – Edt October 21, 2016

4 Paws For Ability (Facebook)

Love What Matters (Facebook)

 

 

Related News

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Todos os direitos reservados Jornal SuperaBR