destaque_paralimpiadas

Paralimpíadas Escolares 2016 – descobrindo talentos

O maior evento escolar de esportes adaptados terminou nesta sexta-feira, 25, com muitas promessas, já que a competição é uma espécie de seletiva na busca por novos talentos para o Parapan 2017.  Sem título-1

Cerca de 900 estudantes de 12 a 17 anos, de vários estados do país, estiveram no Centro de Treinamento Paralímpíco Brasileiro, em São Paulo, desde quarta-feira 22, disputando medalhas nas Paralimpíadas Escolares 2016.

Organizado pelo CPB (Comitê Paralímpíco Brasileiro) com apoio dos governos estaduais, Secretaria Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência, e da Prefeitura de São Paulo, o evento, dividido em oito modalidades: atletismo, bocha, futebol de 7, goalball, judô, natação, tênis de tesa e tênis em cadeira de rodas.

Equipe de judô do RS

  Ao chegar a primeira surpresa: o campeão paralímpico Ricardo Costa Oliveira, recepcionava os atletas e alunos das escolas municipais que visitavam o evento. Disponível como sempre, o campeão exibia a primeira medalha de ouro conquistada pelo Brasil esse ano no Rio 2016, atendia a todos e tirava fotos.

Os alunos recebiam informações sobre as Paralimpíadas, participavam de Quizz,  de vivências em que sentiam as dificuldades do basquete e corridas em cadeiras de rodas, além de receberam brindes de patrocinadores.

Os treinadores de diversas modalidades foram unânimes em dizer que os atletas são convocados de escolas especiais.

A técnica da seleção de goalball do Rio Grande do Norte afirmou que com a inclusão dos estudantes com necessidades especiais nas escolas regulares, dificultam a captação de alunos, principalmente no interior do estado.

Equipe de judô / CE

Já os atletas disseram que é incrível saber que estão competindo onde treinam os maiores atletas paralímpicos do País.

 

A emoção de representarem seus estados e em instalações como essa, recém- inaugurada e com tudo que há de mais moderno, modalidades é um incentivo para que sonhem e sejam atletas de alto rendimento e no futuro trazerem medalhas para o Brasil.

Equipe de goalball / RN O grande campeão das Paralimpíadas Escolares 2016  foi São Paulo, Santa Catarina ficou com o segundo lugar e, Rio de Janeiro, com o terceiro.  Equipe de goalball / PB

Related News

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Todos os direitos reservados Jornal SuperaBR